Uma entrada convidativa que combina queijos, embutidos e outros itens de charcutaria, frutas frescas e secas, castanhas, antepastos e geleias. Tudo junto montado lindamente em tábuas artesanais de madeira não-retornáveis. Assim são os platters, que chegaram à Baixada Santista com a Tábua Caiçara, de Praia Grande. Já famosos em países como os Estados Unidos, França e Austrália, eles começaram a aparecer no Brasil recentemente em buffets de casamento ou por encomenda em algumas poucas cidades. 

O platter pode ser montado com os ingredientes escolhidos pelo cliente, totalmente personalizado e com entrega agendada. São mais de 100 opções de itens de primeira qualidade. As tábuas são transportadas resfriadas e embaladas para presente. Custam a partir de R$ 150,00. São três tipos de tábuas (retangular, redonda ou coração), com diversas opções de tamanhos, de acordo com a quantidade de convidados.

A Tábua Caiçara foi criada pelos empresários Carlos Gustavo Yoda e Patrícia Diguê, proprietários do Buffet Dona Neide. Segundo eles, a ideia surgiu ao identificarem uma necessidade de clientes que querem caprichar nas pequenas comemorações, porém não podem arcar com o custo da contratação de um serviço de buffet completo. “Acreditamos que os platters se encaixam perfeitamente neste desejo para qualquer tipo de evento, tanto familiar como corporativo”, afirma Patrícia.

As encomendas são aceitas com no mínimo dois dias de antecedência e podem ser feitas pela loja on-line www.tabuacaicara.com.br, WhatsApp 13 99643-8888 ou e-mail vendas@tabuacaicara.com.br. 

GRAZING TABLE

Para grandes festas, há a opção de contratar a montagem de uma grazing table no local da festa. São mesas gastronômicas no mesmo estilo dos platters, com mais variedade de produtos, combinando vários tipos de frutas, sanduíches, petiscos, folhagens e arranjos de flores. 

SERVIÇO

www.tabuacaicara.com.br

www.instagram.com/tabuacaicara

www.facebook.com/tabuacaicara

Telefones: 13 3474-2006 – 13 99643-8888

E-mail: vendas@tabuacaicara.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *