O setor de eventos foi um dos mais impactados pela pandemia e provavelmente deverá ser um dos últimos a se recuperar. Como a maioria dos empresários deste ramo, os donos de um serviço de catering para eventos na Baixada Santista, o Dona Neide Catering, viram seus planos de expansão irem por água abaixo com o início da pandemia, um ano atrás. Os sonhos de aumentar a equipe, adquirir mais equipamentos e finalmente estabelecer um espaço próprio tiveram que ser adiados.

Diante do cenário desolador no início de 2020, Carlos Gustavo Yoda e Patrícia Diguê decidiram jogar todas as fichas no novo projeto que haviam lançado no final de 2019: a Tábua Caiçara, serviço de entrega de tábuas de frios, mais conhecidas como platters no exterior. A proposta do novo braço da empresa era introduzir na Baixada Santista o conceito de grazing food, na época ainda uma novidade no Brasil, oferecendo opções de encomendas práticas para pequenos eventos e encontros.

“Quando começou a pandemia, a Tábua Caiçara já estava em atividade. Servimos dezenas de famílias nas ceias de Natal e Ano Novo de 2019. Já tínhamos a loja virtual e redes sociais ativas, mas ainda não havíamos conseguido colocar energia para divulgar o novo negócio, devido à demanda do serviço de buffet”, explica Yoda. Com a pandemia e a suspensão das festas, não restou a eles outra alternativa. 

ADAPTAÇÃO

Passado o susto, resolveram promover algumas adaptações no modelo de negócio para que a ideia decolasse em um contexto onde as pessoas não estavam mais realizando nem mesmo pequenos encontros. A principal mudança foi lançar versões menores no preço e no tamanho das tábuas, para uma ou duas pessoas, assim como opções de café da manhã e ainda modelos em caixinhas, conhecidas como giftboxes

“O objetivo inicial era oferecer tábuas para pequenos eventos, tanto que a tábua menor do catálogo era para seis pessoas, por exemplo. Mas, com a pandemia, as pessoas estavam confinadas em casa somente com os familiares, então foi preciso se adaptar”, lembra Patrícia.

O segundo passo foi buscar os clientes. Sem recursos para investir em anúncios tradicionais, eles apostaram no marketing de influência e viram seus seguidores se multiplicarem rapidamente nas redes sociais. De acordo com Patrícia, o visual instagramável das tábuas facilita o trabalho de divulgação. “A maioria dos clientes faz questão de postar antes de consumir, o que acaba contribuindo para aumentar a exposição positiva”, explica. 

Com o tempo, o casal foi descobrindo que havia entrado sem querer no mercado de presentes e brindes, muito mais do que o gastronômico. “A pandemia fez crescer a demanda pela entrega de presentes nas datas comemorativas”, comenta Yoda. Diante disso, resolveram focar em oferecer mais agilidade na entrega. 

No início, aceitavam encomendas com pelo menos dois dias de antecedência. Hoje entregam a tábua pronta para ir à mesa em no máximo duas horas. E até lançaram a loja no Ifood. O segredo da agilidade é a rapidez no atendimento em diferentes canais, o controle de estoque (tanto de insumos como de tábuas), e a otimização da linha de montagem. 

Além da pronta-entrega, outro diferencial da empresa é a possibilidade do cliente gravar na tábua sua logomarca, nome ou mensagem, por meio de impressão a laser, personalizando o presente ou brinde. “Em pouco tempo, foram aparecendo concorrentes, por isso, buscamos nos diferenciar sempre, lançando novidades tanto em formatos como em sabores, quase todos os meses”, explica Patrícia. Uma das novidades recentes foram os micro-platters (uma versão mini das tábuas de frios, indicada principalmente como entrada finger food em almoços e jantares). E também a Tábua Caiçarinha, em formatos de quebra-cabeça ou banquinho, com guloseimas para as crianças.

QUEIJOS ARTESANAIS

Yoda acrescenta ainda a missão da empresa de valorização dos produtos nacionais, oferecendo em seu cardápio queijos artesanais premiados de diversas partes do País, como o Lua Cheia, de Bueno Brandão (MG), o Tropeiro, de Itapetininga (SP), o Morro Azul, de Pomerode (SC), o Queijo do Ivair, da Região da Canastra (MG), entre outros. Segundo ele, o próprio nome dado à empresa segue esta filosofia de dar valor à cultura na qual estamos inseridos.

Na visão dos empresários, a pandemia acabou contribuindo para que o novo negócio virasse realidade. “Em outro contexto, provavelmente não iríamos conseguir nos dedicar o suficiente para fazer a empresa crescer tão rápido em apenas um ano”, avalia Patrícia. Além dos modelos de tábuas para 1 a 25 pessoas, a Tábua Caiçara também faz montagem de mesas de frios, as Grazing Tables, para qualquer tipo e tamanho de evento. Eles atendem toda a Baixada Santista. 

Apesar do fechamento da economia novamente, os empreendedores mantêm o otimismo e a confiança no setor. “Após a reabertura, o setor de festas e eventos certamente viverá o melhor momento dos últimos tempos e irá se recuperar muito rápido. Quem conseguir sobreviver, irá colher os frutos do sacrifício”, confia Patrícia. 

Serviço

www.tabuacaicara.com.br

www.instagram.com/tabuacaicara

www.facebook.com/tabuacaicara

Telefones: 13 3474-2006 – 13 99643-8888

E-mail: vendas@tabuacaicara.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *